sábado, 11 de agosto de 2018

Achei meu lugar no poker.

  Andei jogando heads up, torneios, cash e spin &go no pokerstars. Qual destes me saí melhor ou pior?
  Bom, o pior de todos pra mim foi o spin & go, acabou com a minha banca rapidinho. Heads up eu tive altos e baixos, mas como nos últimos jogos perdi bastante eu meio que pretendo abandonar o heads up. Cash eu sempre ganho um bom dinheiro mas invariavelmente perco tudo em seguida. Torneios, tá aí uma coisa que me diverte em jogar, pois embora seja o mais difícil de vencer, é onde tem os prêmios mais atraentes, onde me divirto mais e onde consigo as vezes até ir mais longe do que imaginava.
  O meu lugar no poker é nos torneios, já que de qualquer forma vou perder, que eu perca fazendo uma coisa que me divirta. E ainda tem os altos prêmios, improváveis de ganhar, mas vai que uma hora... enquanto isso eu vou me divertindo-pra caral**.
  Em minha última estada no pokerstars coloquei uns trocados, perdi TUDO no heads up, mas recebi um prêmio de consolação: recebi em um baú de bônus um bilhete para jogar um torneio com outras 8 pessoas onde o vencedor iria para o torneio que disputa uma platinum pass pras bahamas. Eu venci esse torneio e agora vou tentar a platinum pass. É lógico que eu não vou pras Bahamas -vai ser impossível ganhar o satélite- mas já deu um consolo, pra não dizer que não valeu a pena jogar hoje, valeu sim, muito a pena!

terça-feira, 17 de julho de 2018

Vou ser feliz, nem que eu tenha que pagar o preço.

  Vou ser feliz, se eu tiver que pagar o preço para tal, eu vou pagar o preço.

O que eu achei das opções binárias.

  Acabei de perder minha primeira banca nas opções binárias em menos de uma hora de jogo. Então, acho que as opções binárias não é um meio de ganhar dinheiro fácil, mas de perder (muito) dinheiro fácil. Nunca mais jogarei? Claro que jogarei, mas com outra estratégia e apenas por diversão sabendo que a qualquer momento posso perder todo o "investimento". 
  É isso, opções binárias pra mim é um jogo, jogo caro inclusive, mas de vez em quando joga-lo não faz mal nenhum!

Pra onde eu vou, pra onde eu devo ir????

  Já há alguns anos que estou querendo mudar de emprego e deixar tudo pra trás, fazer o que vivi virar história. Mas percebi que o problema não é apenas meu emprego, minha vida inteira está bagunçada, meu emocional está de cabeça pra baixo, meus relacionamentos são pífios, não tenho forças pra fazer porra nenhuma que me traga felicidade. As pessoas em vez de me ajudar só acrescentam mais e mais carga nas minhas costas, não posso contar com ninguém.
  Só que eu dei uma levantada por estes dias e resolvi mudar isso. Não tenho nem sou obrigado a aceitar essa porra de vida que me oferecem. Muitas pessoas feias na minha vida, tenho que mudar isso urgentemente.
  Quanto a mudar de emprego, já há alguns anos venho estudando para concursos, e estou no quase, pois o metrô até agora chamou 30 pessoas e eu sou o 31. Esperar pra ver. Também estou estudando para concursos federais mas estes eu sinto que cheguei no meu limite embora a cada concurso eu evolua mais e mais então também não fico criando expectativas, vou fazendo, se um dia surgir a sorte ,boa, se não surgir continuo com minha vida, que é o mais provável.
  Estou estudando agora pro concurso do TRT, o difícil é que pra passar tem que acertar quase todas e eu sempre erro algumas e sempre tem aqueles cabeções que acertam tudo. Eu nas últimas análises dos últimos concursos que fiz, sempre erro algumas de todas as matérias, tipo erro pelo menos 2 de cada matéria, o que na soma de pontos me deixa lá em baixo pois os primeiros colocados não erram nenhuma de nenhuma matéria, aí nessa soma de poucos erros mas em várias matérias me tira do páreo, eu tenho que achar uma forma de não errar nenhuma de nenhuma matéria pois uma que eu erro de cada matéria já me deixa lá embaixo.
  Vou deixar as pessoas que insistem em me trazer mal estar fora da minha vida, não vou mais dar poder a elas de me trazer infelicidade. Quem quer trazer confusão está gentilmente convidado a se retirar da minha vida e de meus pensamentos.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Vamo que dá! Vamo que dá!

  Estou estudando pro concurso do TRT 2, acabei de estudar direito do trabalho, até que essa matéria é tranquilinha... já Direito Processual do trabalho é foda e chato demais, mas já venho estudando alguns Direitos Processuais desde o TJ e o STM, então mesmo que seja chato a gente estuda tantas vezes a mesma coisa que acaba entrando na cabeça de qualquer maneira.

domingo, 8 de julho de 2018

Não quero ter razão. Quero ter paz.

  Eu já percebi que não vou receber amor das outras pessoas, alguma exceção FELIZ aqui e ali, mas no geral, não importa o quanto eu ame, o quanto eu me doe, o quanto eu coloque minha cota, eu já sei que não vou receber amor.
  Não adianta eu querer receber reconhecimento por algo, não adianta eu querer ser gentil com as outras pessoas, não adianta eu querer fazer amizade, o máximo que as pessoas oferecem e eu sei que vão oferecer é ferro.
  Quando isso acontece, e sempre acontece, não adianta nada querer mudar o jogo, é tempo perdido, a minha única preocupação agora é manter a minha sanidade mental diante disso tudo, por isso, agora, não busco ter razão, apenas quero paz.
  Deixe as pessoas dar ferro em troca do meu amor, eu dizer pra elas que isso não é legal vai ser mera energia perdida. Não preciso da razão, preciso apenas da paz. Quero virar a página, já desperdicei muito tempo e energia com essa coisa inútil que é tentar virar o jogo, minha felicidade pode ser de longe a última coisa que as outras pessoas querem, mas eu sei que a mereço, se as pessoas não dão valor pro bom relacionamento, pro relacionamento sadio, eu dou, e isso basta, só não perco mais minhas energias com uma busca inútil de uma busca de amor que as pessoas não querem dar. 
  Quando me oferecem ferro no lugar do amor, e sempre oferecem, deixo as pessoas com as verdades delas, não questiono mais, sabendo que a verdade existe, que a minha verdade existe, não discuto, deixo as pessoas sozinhas com o ferro delas e embora só, fico com o meu amor guardado à espera do dia em que encontre alguém que não troque amor por ferro. Tenho fé que esse dia chegará.